Menu Principal

“Não tive bons pais, mas meu Pai celestial é perfeito”, diz mulher que usava drogas em casa

Crystal não teve uma infância fácil. Na verdade foi bem traumática. Aos quatro anos ela foi molestada sexualmente por um parente. O mesmo aconteceu quando ela completou 12 anos. Sua identidade foi definidas por adultos predadores que deveriam protegê-la, em vez de abusar dela. “Sinto que isso mudou a forma como eu percebi as coisas, como eu via as coisas. As coisas não eram tão lindas como deveriam ter sido”, disse ela em entrevista para a CBN News.

Sua mãe sofreu abuso quando era jovem e se tornou ateia declarada. De alguma forma, Crystal tinha uma perspectiva diferente. Ela diz: “Embora eu não conhecesse Deus, eu não queria me tornar uma pessoa amargurada como minha mãe”. Seus pais eram viciados em metanfetamina e a moça passou a seguir o mesmo estilo de vida.

“Eu já havia começado a fazer drogas quando tinha 10 anos. Eu não tinha auto-estima, não tive infância. Fui criada assim. Drogas, álcool e sexo. Eu não tinha festas de aniversário, mas ficava entorpecida”. Quando se tornou uma adolescente, Crystal saiu de casa, mudou-se para outra cidade e passou a vender drogas para se sustentar. “Nesse momento, senti como se eu tivesse o controle da minha vida”.

Transformação

Em uma noite, ela resolveu ir em uma boate. “Assim que entrei, a música parou. E todos se voltaram para mim. Foi naquele momento em que senti Deus falando comigo e Ele dizia para eu ir embora. Corri para casa e comecei a orar. Saí das drogas e do álcool e realmente tentei realmente aproveitar esse tempo para descobrir quem eu era”.

Crystal permaneceu limpa e sóbria. Depois de vários anos de relacionamentos problemáticos, conheceu um cantor chamado Zach. “Ainda não estávamos vivendo bem. Eu não sabia como viver corretamente. Ele estava começando uma banda de rock”. Seis meses depois eles se casaram. Os pais de Zach eram cristãos. Eles oravam por Zach e Crystal. “Foi o primeiro e verdadeiro exemplo de uma família cristã que eu já estive. Era diferente. Ver e estar em torno de uma situação familiar saudável”.

Não demorou muito para que Zach se afastasse da família por causa de uma turnê da banda. Enquanto ele estava viajando, Deus começou a falar com ele através de uma música. Ele diz: “É aí que tudo na minha vida mudou. Sabe, ouvi uma música sobre uma banda chamada Big Daddy Weave e literalmente procurei sair da banda que eu estava. Comecei a ir para a igreja e a me questionar como seria se eu morresse amanhã. Céu ou inferno? E não consegui responder a pergunta e isso me assustou”, disse ele.

“Então eu comecei a mudar e passei a dar o exemplo como o chefe da casa”. Na igreja, Crystal estava aprendendo mais sobre o amor de Deus por ela. Ela diz: “Eu não tive bons pais físicos, mas eu tinha o Pai mais perfeito do mundo. E sempre o tive. Eu sempre tive um Pai antes, antes de ter um pai físico. Ele sempre esteve aqui comigo. E foi quando eu finalmente me rendi que esse peso do meu pecado se foi. Tudo o que me estava pesando todos esses anos”.

Crystal e Zach deram suas vidas a Cristo em 2012. Crystal diz: “Eu pude respirar. Fui perdoada. Jesus salvou minha vida. Entregamos nossas vidas a Cristo e nos tornamos uma família”. Hoje, eles têm dois filhos, Zephyn e Delilah. Zach é um compositor e artista cristão bem sucedido. Crystal é corretora de imóveis e professora de seus filhos em casa. Crystal está grata pelo amor e graça de Deus e pela sua nova identidade, Nele.

Fonte: CBN News

Compartilhe:

Deixe um Comentário

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>